Banheiro Seco e Banheiro Úmido

 

Sobre o Produto

 

Pelo impacto na qualidade de vida, na saúde, na educação, no trabalho e no ambiente, o saneamento básico envolve a atuação de múltiplos agentes em uma ampla rede institucional. No Brasil, está marcado por uma grande desigualdade e por um grande déficit ao acesso, principalmente em relação à coleta e tratamento de esgoto. Segundo dados do Sistema Nacional de Informações em Saneamento, em 2006, o índice médio de atendimento urbano mostrava valores relativamente elevados, em termos de abastecimento de água, com um índice médio nacional de 93,1%. Porém, em termos de esgotamento sanitário, o atendimento urbano com coleta era muito escasso, tendo um índice médio nacional de 48,3%, e um índice médio nacional de apenas 32,2% para o tratamento desse esgoto coletado. Destaca-se que, em relação ao atendimento à população de baixa renda, o índice ainda é mais inadequado, e alcançar uma cobertura mais ampla desse benefício é um grande desafio. 

Nesse sentido, o público-alvo, bem como, passíveis de serem beneficiados com a instalação dos módulos sanitários em Polietileno são:

Famílias residentes da zona rural

Famílias de baixa renda residentes na periferia de municípios de pequeno, médio e grande porte

Famílias de baixa renda sem acesso a rede de esgotamento sanitário

Comunidades indígenas sem sistema de higiene e saneamento

Comunidades ribeirinhas sem acesso à sistemas de higiene e rede de esgotamento sanitário

 Famílias participantes de programas sociais governamentais

A situação da população rural do Brasil são cerca de 29,9 milhões de pessoas (em torno de 8,1 milhões de lares) vivendo em áreas rurais. Destes 7,7 milhões de residências ainda não tem conexão com uma rede de esgoto. Em torno de 4 milhões de pessoas não tem nenhum acesso a instalações sanitárias. As consequências desse fato são a ameaça de contaminações dos mais variados tipos, infecções, poluição ambiental (águas e solos), mal cheiro, entre outros problemas. 

Assim, tanto o banheiro seco quanto o banheiro úmido, visam a atender uma demanda de saneamento em áreas isoladas ou de difícil ligação com a rede pública de esgoto, visando proporcionar uma maior qualidade de vida às populações que vivem nesses locais.


 

Funcionamento

 

Banheiro Úmido

A nível do usuário, o funcionamento e muito parecido como num sanitário comum, sendo que o módulo é composto por um chuveiro, um vaso sanitário e uma pia. O chuveiro será utilizado para o banho, a pia para a lavagem de mãos, rosto e escovação de dentes e o sanitário para as necessidades fisiológicas. Toda a água a ser utilizada no módulo sanitário virá de um reservatório localizado sobre o teto do mesmo, que será abastecido através da rede pública de abastecimento de água. Todos os resíduos líquidos gerados nos processos de higiene, serão destinados ao sistema de tratamento de efluentes sanitários, que será composto por um Multi Biodigestor Bakof Tec. O efluente tratado poderá ser infiltrado no solo através de um sumidouro ou vala de infiltração.

Banheiro Seco

Justificativas técnicas: Nesse sistema não há nenhuma utilização de água, portanto ele é composto apenas por um vaso sanitário na sua parte interna, os dejetos são tratados por um sistema semelhante à compostagem, com dispositivo de exaustão dos gases gerados. É a solução ideal em locais com pouca disponibilidade de água, como é o caso da Região Nordeste do Brasil.

a) solução tecnológica que apresenta maior rapidez na instalação, proporcionando um benefício mais rápido às famílias que o utilizarão

b) o polietileno é um material de alta resistência, durabilidade, não tóxico, inodoro e impermeável, com proteção contra os raios ultravioleta, tendo sido aplicado em sistemas de adutoras, regido a níveis elevados de pressão, com excelente funcionalidade, bem como em sistemas de reservatórios de armazenamento de água como alternativa tecnológica a outros tipos de materiais já consagrados na construção civil como PVC, fibra de vidro e placas de concreto

c) vida útil aproximada a 25 anos, com um custo/benefício adequado comparado às alternativas tecnológicas disponíveis

d) geração de emprego e renda na produção e fabricação

e) agilidade e versatilidade na produção e instalação, proporcionando um ciclo curto e rápido atendimento das demandas sociais

As vantagens do uso do módulo sanitário são:

- Solução sustentável para o saneamento descentral de unidades familiares

- Promover as condições mínimas para higiene da população de baixa renda

- Sem contaminação de solo ou aquíferos

- Redução da carga orgânica (pelo sistema de tratamento) de até 80 %

- Manutenção pode ser realizada pelo usuário sem necessidade de conhecimentos especiais e sem risco sanitários

- Elevado conforto térmico devido a sistema de ventilação 


 

Acervo

 
 

Vídeo

 
 

LINKS



Joinville - SC

Campo Grande - MS

Montes Claros - MG

Tauá - CE

Santa Inês - MA

Entre em Contato